---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes

Publicado em 21/08/2013 às 16:38 - Atualizado em 10/09/2018 às 16:56

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
Créditos: Assessoria De Imprensa De Coronel Freitas Baixar Imagem

NESTA PÁGINA TEREMOS VÁRIAS INFORMAÇÕES E AÇÕES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PARA MANTER VOCÊ ATUALIZADO EM TEMPO REAL. TODAS AS NOSSAS MATÉRIAS TAMBÉM ESTARÃO NA PÁGINA DA PREFEITURA DE CORONEL FREITAS NO FACEBOOK.

OBRIGADO A TODOS PELA ATENÇÃO E BOM ENTRETENIMENTO.

SEMPRE LEMBRANDO QUE NO FINAL DESTE BLOG VOCÊ ENCONTRARÁ FOTOS, VÍDEOS E ÁUDIOS, REFERENTES A SECRETARIA E SEUS DEPARTAMENTOS (EVENTOS, COMUNICADOS E AÇÕES).

 

 

 

 

 

...................................................................................................................................................................................................

 


CORONEL FREITAS - DESFILE DE 7 DE SETEMBRO

 

 

 

A Administração Municipal, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, deseja manifestar os mais sinceros agradecimentos a toda a população Coronelfreitense, por prestigiar o Desfile de dia 7 de Setembro.

O tema do ano foi: Os Valores Humanos e a Sustentabilidade

Agradecemos a cada pelotão. O Desfile foi lindo e grandioso superando as expectativas, porque tivemos o empenho e colaboração de todos.

Agradecemos ainda, pelo profissionalismo, competência, criatividade e dedicação dos participantes.

Obrigada a todos que não mediram esforços para que o desfile acontecesse de forma harmoniosa, demonstrando patriotismo enquanto cidadãos e agentes ativos numa sociedade em transformação.

Juntos escrevemos mais uma página na história de nossa querida Coronel Freitas.  

 

 ...............................................................................................................................................................................

 

Escola Integral Municipal Simões Lopes!

Momento Cívico na escola

 

A semana da Pátria foi uma oportunidade á mais para os professores e Direção da escola Integral Municipal Simões Lopes , conscientizarem os alunos sobre a postura diante do Hino Nacional e a importância de respeitá-lo como um símbolo da Pátria, e a valorização do País. Também foi uma oportunidade de trabalhar sobre a importância do exercício da cidadania e o respeito á liberdade de expressão. A finalidade Educativa da Escola Integral Municipal Simões Lopes é rever valores, solidariedade humana, visando o desenvolvimento da pessoa e o preparo para o exercício da cidadania. Assim esperamos resgatar os valores cívicos e fazer com que os alunos se tornem cidadãos conscientes do seu papel na sociedade. Acreditamos que civismo é uma atitude que se aprende e faz parte do ato de educar.

Atenciosamente;

DIREÇÃO E PROFESSORES DA ESCOLA INTEGRAL MUNICIPAL SIMÕES LOPES

 

 

.......................................................................................................................................................

 

Semana da Patria!

A Escola Integral Municipal Profª Inês Domingas Tonon Tassoniero realizou atividades objetivando incentivar o amor à pátria e resgatando valores, que muitas vezes vão ficando esquecidos ou vão perdendo seu verdadeiro significado, despertando assim o interesse nos alunos para conhecer melhor o seu país.

................................................................................................................................................................................

CORONEL FREITAS ATINGE META EM EDUCAÇÃO PELO IDEB (ÍNDICE DE DESEVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA)

 

 

 

O resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) mostra que a rede municipal de ensino foi além da meta prevista para 2017 pelo MEC (5.7), alcançando a pontuação 6.6.

    O índice é obtido a cada dois anos por meio de provas aplicadas com turmas do 5º ano pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O cálculo do IDEB é feito usando os resultados de prova e informação sobre a aprovação ou repetência dos estudantes.

Em Coronel Freitas, a avaliação foi realizada na EM Coronelzinho, EIM Prof.ª Inês Domingas Tonon Tassoniero, CMEIEF Clube do Bolinha e EIM Simões Lopes, com as turmas de 5º Ano/séries iniciais.

 

O resultado do IDEB 2017:

Na EM Coronelzinho foi 7.0, superando a média projetada (5.4). E em 2015 teve nota 6.5.

 A EIM Prof.ª Inês D. T. Tassoniero foi de 5.9, superando a média projetada (5,5). E no ano de 2011 teve nota 5.1.

O CMEIEF Clube do Bolinha teve a nota 6.7, onde a média projetada (5.7). No ano de 2015 teve nota 6.8.

Na EIM Simões Lopes teve a nota 6.7 e a média projetada (5.8). E na avaliação em 2009, teve nota 4.8.

Esse é um avanço significativo que a maioria das escolas tiveram, apresentando uma grande evolução, e sabemos que podemos avançar ainda mais. Essas notas são a consequência de muito trabalho, esforço, planejamento e organização de cada um dos professores e profissionais envolvidos que aqui passaram nos últimos anos conosco e que na qual contribuíram muito nesses resultados de hoje.

A Secretaria Municipal de Educação, agradece a dedicação dos professores, empenho dos alunos, motivação dos pais, administração municipal e queremos continuar trabalhando para aumentar ainda mais o índice do nosso município.

 

Atenciosamente;

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes.

 ...................................................................................................................................................................No dia 23 tomaram posse os novos Conselheiros do CAE - Conselho da Merenda Escolar, na quinta feira dia 30 de agosto participaram da primeira reunião junto a Secretaria de Educação onde a Presidente Elizandra da Rosa Lazaretti aproveitou a oportunidade para explanar aos novos integrantes sobre a importância deste conselho e os trabalhos que precisam ser realizados nesta gestão.

 

 .................................................................................................................................................................................................

 No dia 03 de julho, a APAE de Coronel Freitas sediou o II Encontro Regional de Autodefensores.

 Estiveram presentes representantes das 09 APAEs do Conselho do Vale do Chapecó.

 O encontro contou com a presença e contribuição da Secretária de Educação; Eli G. Daloma e também a Secretária de Saúde; Elisângela da Silva.

 Foi um encontro de muito aprendizado através de trocas de experiências, com o objetivo de agregar no desenvolvimento social de nossos alunos.

 

 

 ...........................................................................................................................................................................

 

 

 Formação sobre o Estudo da BNCC x PNAIC

No dia 25 de junho de 2018 a Diretora da Educação de Coronel Freitas, Vanuza Janete Moura Dos Santos, como parte integrante do Grupo de Trabalho sobre Avaliação da Aprendizagem da região da AMOSC, esteve na AMOSC em Formação sobre o Estudo da BNCC x PNAIC (áreas do conhecimento).

Esses estudos serão trabalhados desenvolvidos nos municípios da região, juntamente com os coordenadores pedagógicos, gestores e professores da rede.

 

 

..............................................................................................................................................................................................

 

 

ENCERRAMENTO DO PNAIC DE CORONEL FREITAS

 

 

Na noite de quarta-feira (20) foi realizado no CMEIEF Clube do Bolinha o Encerramento do PNAIC que contou com a presença das formadoras, coordenadora do Pacto, professores alfabetizadores, professores da Pré escola e demais professores da rede municipal.

Participar do PNAIC (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa), nesses anos todos, foi um grande aprendizado. Foram seis anos para alguns, cinco, quatro, três, dois e um ano para outros. Foram oportunidades de refletir sobre a prática docente e analisar os saberes.

A proposta do programa é de pensar a educação num contexto real, que é a nossa sala de aula, este é o caminho.

Nesses anos todos de programa, foi um trabalho dinâmico e atrativo nas capacitações, e que os professores estão de parabéns pelo empenho demonstrado, e que só tem a ganhar com mais essa ferramenta de aprendizado e conhecimento.

Agradecemos a todos que contribuíram: Administração Municipal, Secretaria de Educação, gestores, formadores, coordenadora do PACTO, em especial cada um dos professores participantes do programa, pelas horas e horas de dedicação, trabalho e de muitas contribuições. Trabalho valioso e gratificante!!

 

Muito obrigado!!

Coordenadora Local do PNAIC, Vanuza J. M. Santos

 

 

 ............................................................................................................................................................................................

 

 

 

No sábado dia 16 de junho aconteceu mais uma rodada do do campeonato regional de futebol suíço no campo do Clube Gaúcho.

 

 

................................................................................................................................................................................................... 

 

No dia 15 de junho a Secretária de Educação Eli Daloma, professor Guiomar Silvestrin e aluna Sinara Zuffo Pais estiveram representando o Município de Coronel Freitas na Reunião da Conae - etapa regional.

 Pela parte da manhã aconteceu a escolha dos delegados para defender as propostas da região na etapa estadual, seguindo do estudo e sistematização do documento base, na parte da tarde. Representando Coronel Freitas, foram eleitos um membro titular e dois suplentes para a etapa estadual a ser realizada nos dias 23 e 24/07 em Florianópolis.

 

 

 .................................................................................................................................................................................................

Cobertura da quadra da Escola Municipal Integral Professora Inês Domingas Tonon Tassoniero.

Na manhã de sexta-feira, dia 15 de junho de 2018, teve início a obra de cobertura da quadra da Escola Municipal Integral Professora Inês Domingas Tonon Tassoniero.

Uma obra a muito tempo sonhada e almejada pela comunidade escolar, que possibilitará que professores e alunos desenvolvam atividades protegidos do sol e chuva.

A obra está sendo realizada pela empresa Sami construções e terá um investimento de R$ 178.613,99 custeados com recursos do Salário Educação.

 

......................................................................... 

A Secretaria Municipal de Educação fez a entrega de cadeiras para alimentação de bebês na Escola Municipal Dozolina Mangoni. Está é mais uma das ações elencadas pela Secretaria e Administração Municipal, sempre pensando no melhor para a nossa população.

 

............................................................................

 

Reunião do Colegiado da AMOSC

No dia 06 de junho de 2018, a Secretária Municipal de Educação Eli Daloma participou da Reunião do Colegiado da AMOSC, onde foram discutidos vários assuntos dentre eles e tendo principal enfoque, a BNCC – Base Nacional Comum Curricular- estudos importantes que estão acontecendo nos municípios onde irão acontecer posteriormente a reorganização das matrizes da base a partir das necessidades das escolas.
Segundo a Secretária Eli Daloma é preciso fortalecer o movimento de ensinar e aprender na escola. Repensar os planos de aula com instrumentos fortes e potentes com implementação, avaliação e reorganização dos estudos da base.
Este é um momento único de debates e estudos entre os educadores, definindo objetivos, aprendizagem, conteúdo, possibilidades metodológicas e êxitos formativos por área do conhecimento.
A educação está vivendo um momento de reflexão e muito estudo para melhorar ainda mais os conteúdos e conhecimentos que são transmitidos para as crianças.

 

 ..................................................................................................................................................................................................

 

Censo Escolar

Na tarde de quarta-feira dia 06 de junho de 2018 a Coordenadora Municipal do Censo Escolar do Município de Coronel Freitas, Vanuza Janete Moura Dos Santos, participou do Treinamento sobre o Censo Escolar /2018 na Gerência Regional da Educação (Gered) em Chapecó.
O Censo Escolar é importantíssimo pois com base nestes dados, o lnep calcula um conjunto amplo de indicadores que possibilitam monitorar o desenvolvimento da educação brasileira, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (ldeb), as taxas de rendimento e de fluxo escolar, a distorção idade-série, entre outros, os quais são referência para as metas do Plano Nacional de Educação (PNE).

 

 

............................................................................................................................................................................................

 

 

DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA MUNICIPAL INTEGRAL INêS DOMINGAS TONON TASSONIeRO

Aconteceu na tarde de sábado na Escola Municipal Integral Ines Domingas Tonon Tassoniero, o “Dia da Família na Escola”. Uma tarde divertida onde os familiares puderam partilhar das atividades escolares das crianças.

Durante o evento o Prefeito Municipal Izeu Jonas Tozetto anunciou e assinou a ordem de serviço para a realização da cobertura da quadra da escola, uma obra que a muito tempo é esperada por toda a comunidade escolar.

As crianças agraciaram seus familiares com 6 belíssimas apresentações, as quais foram ensaiadas com muito carinho pelas professoras.

O Diretor da escola Tiago Tosetto, agradece a todos que se fizeram presentes neste evento onde o objetivo é aproximar as crianças e suas famílias para que compartilhem suas experiencias e vivencias diárias.

 

veja as fotos na galeria de fotos

..............................................................................................................................................................................................

 

PROFESSORES DA FORMAÇÃO DO PNAIC DE CORONEL FREITAS PARTICIPARAM DO SEMINÁRIO REGIONAL DO PNAIC EM CHAPECÓ

Professores da Formação do PNAIC do município de Coronel Freitas estiveram na última segunda-feira (14), em Chapecó, no Centro de Eventos participando do Seminário Regional do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Teve a presença de professores representantes de 21 municípios da região oeste com mais de 1.200 participantes. Foi um grandioso evento, momento ímpar de aprendizagem e troca de experiências.

Não podemos deixar de mencionar aqui, que Coronel Freitas apresentou um Relato de Experiência/Sequência Didática onde vem se desenvolvendo nas suas escolas da rede municipal de ensino.

A apresentação foi com as Alfabetizadoras do 1º Ano da Escola Municipal Coronelzinho e a Escola Integral Municipal Simões Lopes, professoras Gislani Lurdes Bonetti Lanfredi e Luci Rosa Zoldan Pagnussat com o Relato de Experiência/Sequência Didática: CONSTRUINDO A IDENTIDADE, RESPEITANDO AS DIFERENÇAS COM A LITERATURA: UM MONSTRINHO EM MINHA ESCOLA.

“Esse trabalho vem sendo desenvolvido em todas as turmas de alfabetização na rede de ensino, que na qual está tendo avanço na aprendizagem dos alunos com novas metodologias desenvolvidas em sala de aula respeitando o tempo de aprendizagem de cada criança. E o Pnaic tem contribuindo muito nesse aspecto”, afirma a Coordenadora Local do PNAIC, Vanuza Janete M. Santos.

Estiveram presentes também no Evento, mestres e doutores da Universidade Federal de Santa Catarina. Contou com a palestra do doutor em Educação Científica e Tecnológica Everaldo Silveira-Educação Matemática, do doutor em Geografia João Nazário sobre a Educação Infantil e além da coordenadora de Formação do PNAIC/UFSC e doutora em Linguística, Nilcéa Lemos Pelandre sobre Alfabetização e Letramento.

Agradecemos a Administração Municipal e a Secretaria Municipal de Educação que sempre vem nos apoiando no programa do PNAIC e por proporcionar momentos de formação para nossos professores, pois o seminário foi mais uma etapa de formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, que está em vigor desde 2013 em nosso município.

 

.....................................................................................................................................................................................................

 

 

Audiência Pública do Relatório de Avaliação do Plano Municipal de Educação (PME)

A Audiência Pública do Relatório de Avaliação do Plano Municipal da Educação (PME) de Coronel Freitas foi realizado nesta quinta-feira, dia 29 de março as 13:30 na Câmara de Vereadores. O evento contou com a presença e participação de professores, gestores escolares e demais funcionários das escolas da rede municipal, motoristas da secretaria de educação, zelador escolar, equipe pedagógica, representante da Câmara de Vereadores e demais representantes da comunidade.

Durante a Audiência, foram apresentados os dados obtidos na análise do cumprimento das metas e estratégias previstas pelo PME, bem como os indicadores que nortearão as ações programadas para os próximos anos de vigência do documento. 

Na ocasião, também foram cedido espaço para discussões em prol de melhorias do PME, que consiste num importante recurso para a condução de políticas públicas de educação no município. 

O objetivo da referida audiência era rever, receber contribuições e analisar de forma coletiva as metas, estratégias e ações elencadas ao Plano Municipal de Educação de Coronel Freitas, documento norteador para a execução de programas e ações que elevem a educação como um todo, visando uma melhor qualidade.

 

 

 

 

Relatório de Avaliação do Plano Municipal de Educação – PME de Coronel Freitas

 

Lei Municipalnº 2.076 de 16 de junho de 2015

 

Período

2015 a 2025

 

 

 

Coronel Freitas, 17 de novembro de 2017

 

 

 RESPONSÁVEIS PELA AVALIAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

 

 

COMISSÃO COORDENADORA: Portaria Nº 233, de 22 de Maio de 2017

 

Eli Guaragni Daloma

Representante da Secretaria de Educação

 

Euclides Conte

Representante da Câmara de Vereadores

 

João Carlos Bernieri

Representante do Conselho Municipal de Educação

 

Solange Maria Balbinot

Representante do Fórum Municipal de Educação

 

 

 

EQUIPE TÉCNICA DO PME: Portaria nº 237, de 15 de Agosto de 2016

 

 

TIAGO TOSETTO
VANUZA JANETE MOURA DOS SANTOS

 

 

Sumário

 

APRESENTAÇÃO..........................................................................................................................4

1.    PROCESSO DE MONITORAMENTO DA EXECUÇÃO DO PME. 5

2.    AVALIAÇÃO DAS METAS E ESTRATÉGIAS. 6

2.1 Meta sobre Educação Infantil 6

2.2 Meta sobre Ensino Fundamental 7

2.3 Meta sobre Ensino Médio. 8

2.4 Meta sobre Educação Especial/Inclusiva. 8

2.5 Meta sobre a Alfabetização. 9

2.6 Meta sobre a Educação Integral 11

2.7 Meta sobre o Aprendizado Adequado na Idade Certa. 11

2.8 Meta sobre a Escolaridade Média. 13

2.9 Meta sobre a Alfabetização e Alfabetismo Funcional de Jovens e Adultos. 16

2.10 Meta sobre EJA Integrada à Educação Profissional 17

2.11 Meta sobre Educação Profissional 17

2.12 Meta sobre a Educação Superior. 18

2.13 Meta sobre Pós- Graduação. 19

2.14 Meta sobre a Formação de Professores. 20

    2.15 Meta sobre Formação Continuada e Pós-Graduação de Professores.......................................20

    2.16 Meta sobre Valorização do Professor .........................................................................................21

    2.17 Meta sobre o Plano de Carreira Docente. 21

2.18 Meta sobre a Gestão Democrática. 22

2.19 Meta sobre Financiamento da Educação. 23

CONCLUSÃO E RECOMENDAÇÕES. 25

 

 

 

APRESENTAÇÃO

 

            O Plano Municipal de Educação de Coronel Freitas (PME) – 2015/2024 – é o principal instrumento norteador da política educacional do Município, com vistas ao alcance de patamares adequados de qualidade e equidade na Educação. Elaborado no período de 2014 a 2015, a partir dos debates realizados na Conferência Municipal de Educação (CONAE). Esse movimento garantiu espaço e participação dos segmentos da Educação, da Sociedade Civil e das Instituições Educacionais constituídas.

            A Secretaria Municipal de Educação constituiu, em 2014, uma equipe com técnicos integrantes dos diferentes setores da SME, com a responsabilidade de sistematizar as contribuições realizadas nos momentos de diálogo promovidos nas CONAEs e, a partir de seus resultados, dimensionar os desafios a serem enfrentados pelas instituições e sociedade civil organizada envolvidas com a Educação. Para isso, a Equipe Técnica da SME realizou uma análise criteriosa da situação da Educação do Município, fundamentada nas discussões e deliberações da Conferência Municipal e de sua participação na Conferência Regional e Estadual de Educação, ocorrida em 2013. Também fundamentou-se na legislação vigente e nos principais indicadores educacionais, demográficos e socioeconômicos do Estado.

            As conclusões obtidas, a partir dessa análise, contribuíram para uma visão global e sistêmica da Educação Municipal, possibilitando que fossem estabelecidas metas e estratégias voltadas às prioridades do Município de Coronel Freitas - SC. Com necessidade de intervenção a curto, médio e longo prazo, estas metas têm como objetivo garantir o direito à Educação de qualidade para todos.

            A versão preliminar do PME de Coronel Freitas - SC foi submetida à análise da Secretaria Municipal de Educação; Comissão de Educação, Cultura, Saúde e Assistência; da Câmara de Vereadores; Conselho Municipal de Educação – CME e Fórum Municipal de Educação –FME, e após a síntese das contribuições, o documento foi encaminhado ao Chefe do Executivo e enviado à Câmara dos Vereadores de Coronel Freitas, para sua aprovação.

            A Câmara Municipal realizou Audiências Públicas ou Consultas Públicas a fim de ampliar o debate sobre as metas e estratégias, coletar contribuições e fazer ajustes posteriores no texto do Plano. Este foi submetido à aprovação, em plenária, pelos vereadores, no dia 16 de junho de 2015, sob a Lei nº 2.076.

            Com sua aprovação, a Secretaria Municipal de Educação passou a executar programas e ações com o objetivo de alcançar as metas e estratégias do PME. Nesse sentido, em seu primeiro ano de vigência, a SME adequou seu planejamento e deliberou que todos os setores e escolas elaborassem os planos de trabalho alinhados ao PME, tendo como principais ações.

Outro movimento de relevância é a atualização do Plano Plurianual (PPA) e seu alinhamento com o Plano Municipal de Educação, assim como, o Plano de Ações Articuladas (PAR).

 

 

1-      PROCESSO DE MONITORAMENTO DA EXECUÇÃO DO PME

 

            A Secretaria Municipal de Educação, instituiu, constituiu sua Equipe Técnica, com o objetivo de monitorar continuamente as metas e estratégias do Plano, a partir de levantamentos, sistematizações e análises dos dados e informações referentes à execução do Plano. Essa equipe é constituída por técnicos da SME vinculados aos setores de Educação, totalizando 02 profissionais.

           A função desta Equipe é apoiar tecnicamente a Comissão Municipal de Acompanhamento e Avaliação do Plano Municipal de Educação de Coronel Freitas - SC, conforme estabelecido na Portaria nº 237 de 15/08/2016 e de contribuir para o planejamento e a gestão educacional.

           A Comissão Municipal do PME é responsável por todo o processo de Monitoramento e Avaliação do Plano e foi constituída por representantes da Câmara Municipal de Vereadores, do Conselho Municipal de Educação- CME, do Fórum Municipal de Educação-FME e da Secretaria Municipal de Educação. Para compor essa Comissão Municipal foi solicitado a cada uma das Entidades a indicação de dois representantes, um titular e um suplente. Foi instituída por Ato legal do Poder Executivo, conforme o Decreto 7.584 de 25 de julho de 2016.

           A Equipe Técnica de Monitoramento do Plano Municipal desenvolve suas atividades, juntamente com a Comissão Organizadora de acordo com o Plano de Trabalho, tendo como cronograma: a Agenda de Trabalho 2017; Participação da Formação da Rede de Assistência de – Monitoramento e Avaliação do PME- 2017 na AMOSC; Instituiu as instâncias, Comissão Coordenadora-2017; Preenchimento da parte A, B e C da Ficha de Monitoramento do PME; Encontros e discussões sobre a busca das informações para preenchimento da Ficha de Monitoramento; Planejamento de prazos para realização das ações; Busca de dados sobre os indicadores; Análise Final da Ficha de Monitoramento Completa; Releitura e estudo do PME e caderno de orientações; Relatório Final Anual do Monitoramento; Relatório de Avaliação Final do PME-2017.

 

           O presente relatório tem como objetivo mostrar uma etapa contínua do processo de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Coronel Freitas/SC viabilizando melhorias nas medidas e estratégias para o acompanhamento do resultado.

 

 

2.     AVALIAÇÃO DAS METAS E ESTRATÉGIAS

 

2.1 Meta sobre Educação Infantil

Meta 01 - Universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para as crianças de 4 (quatro) a 5 (cinco) anos de idade e ampliar a oferta de educação infantil em creches de forma a atender, no mínimo 50% (cinquenta por cento) das crianças de até 3 (três) anos até o final da vigência deste PME.

Indicador 1A

Percentual da população de 4 e 5 anos que frequenta a escola

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

100%

DADO OFICIAL

94,7%

Censo Demográfico 2010 – IBGE

PNAD - 2013

ESTIMATIVA

98,25%

Tabela - População Estimada para 2016 - escola ou creche, por grupos de idade - municípios SC

DADO MUNICIPAL
(SME)

99,5%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         

 

  • O diagnóstico do PME de 2015 foi de 96% sendo que a meta é de 100%. Já em 2016 atingimos 99,5%. Os indicadores revelaram que residem 220 crianças de 4 a 5 anos no município. Na rede pública municipal estão matriculados 219 alunos. Deduz-se que tenha uma criança dessa faixa etária fora da escola, porém pode ser distorções no arredondamento de cálculo. E para atingir a meta nos propomos a fazer uma busca ativa através das agentes de saúde para realizar uma pesquisa referente as crianças que ainda estão sem frequentar a escola.

Indicador 1B

Percentual da população de 0 a 3 anos que frequenta a escola /creche

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

51%

DADO OFICIAL

35,1

Censo Demográfico 2010 – IBGE

PNAD - 2013

ESTIMATIVA

48%

Tabela - População Estimada para 2016 - escola ou creche, por grupos de idade - municípios SC

DADO MUNICIPAL
(SME)

57,7%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         

 

  • No diagnóstico inicial do PME o município atendia 48% das crianças de 0 a 3 anos e a meta do PME prevê 50%. Em 2016 houve um aumento matriculas superando a meta prevista para o ano em 6,7%. Sendo assim estamos superando a meta prevista com 57,7%.

2.2  Meta sobre Ensino Fundamental

 

Meta 02 - Universalizar o ensino fundamental de 9 (nove) anos para toda a população de 6 (seis) a 14 (quatorze) anos e garantir que pelo menos 95% (noventa e cinco por cento) dos estudantes concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PME.

Indicador 2A

Percentual da população de 6 a 14 anos que frequenta a escola

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

95%

DADO OFICIAL

99,6 %

Censo Demográfico 2010 – IBGE

PNAD - 2013

ESTIMATIVA

74,7 %

Tabela - População Estimada para 2016 - escola ou creche, por grupos de idade - municípios SC

DADO MUNICIPAL
(SME)

99,6 %

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         

 

  • O diagnóstico do PME de 2015 foi de 99,6% sendo que a meta é de 95%. Em 2016 atingimos o mesmo resultado 99,6%. Deduz-se que tenham crianças e adolescentes dessa faixa etária fora da escola, porém pode ser distorções no arredondamento de cálculo;

Indicador 2B

Percentual de pessoas de 16 anos com pelo menos o Ensino Fundamental concluído

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

77%

DADO OFICIAL

70,7 %

Censo Demográfico 2010 – IBGE

PNAD - 2013

ESTIMATIVA

74,7 %

Tabela - População Estimada para 2016 - escola ou creche, por grupos de idade - municípios SC

DADO MUNICIPAL
(SME)

96,9 %

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • O diagnóstico do PME de 2015 foi de 70,7% sendo que a meta é de 75%. Já em 2016 atingimos 96,9%, já superando a meta prevista que era de 77%

 

     Para cumprirmos as estratégias  será feito levantamento de crianças e adolescentes fora da escola em parceria com as agentes de saúde; levantamento de controle de frequência monitorado pela coordenação pedagógica da escola mensalmente;  é comunicado o conselho tutelar e assistência social nos casos reincidência; Entrar em contato com as famílias dos alunos faltosos; Reuniões com as famílias; Adequar o PPP (Projeto Político Pedagógico) de acordo com a realidade de cada escola; Participação das crianças no Programa Arte e Cidadania (Canto, Música, Capoeira e Dança);Torneios Esportivos; Parceria através de atendimento de psicólogo, fonoaudiólogo e outros técnicos; Assegurar transporte; Disponibilizar material escolar a todas as escolas; Adquirir preferencialmente os produtos para a alimentação escolar da agricultura familiar; Cumprir a lei de inclusão das pessoas com deficiência.

 

2.3  Meta sobre Ensino Médio

 

Meta 3:  Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população de 15 (quinze) a 17 (dezessete) anos e elevar, até o final do período de vigência deste PME, a taxa líquida de matrículas no ensino médio para 85% (oitenta e cinco por cento) dos estudantes concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PME.

 

Indicador 3A

Percentual da população de 15 a 17 anos que frequenta a escola.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

88%

DADO OFICIAL

88,3

INEP 2014

ESTIMATIVA

53,5

Tabela - População Estimada para 2016 - escola ou creche, por grupos de idade - municípios SC

DADO MUNICIPAL
(SME)

85,10

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         

 

  • O diagnóstico do PME de 2015 foi de 88,3% sendo que a meta é de 100%. Em 2016 o percentual diminuiu para 85,1%.

Indicador 3B

Taxa de escolarização líquida no Ensino Médio da população de 15 a 17 anos.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

50%

DADO OFICIAL

56,3

INEP 2014

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Esse indicador pertence ao estado

 

 

2.4 Meta sobre Educação Especial/Inclusiva

 

Meta 4: Universalizar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos de idade com deficiência, transtorno do espectro autista, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade/ impulsividade e altas habilidades ou superdotação, o acesso à educação básica e ao atendimento educacional especializado, preferencialmente na rede regular de ensino, com garantia de sistema educacional inclusivo, de salas de recursos multifuncionais, classes, escolas ou serviços especializados, públicos ou conveniados.

 

 

Indicador 4A

Percentual da população de 4 a 17 anos com deficiência que frequenta a escola.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

95 %

DADO OFICIAL

90,6 %

Censo Demográfico 2010 – IBGE

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

96,8 %

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • 2016 atingimos 96,8%. Deduz-se que tenham de 2 a 3 crianças e ou adolescentes dessa faixa etária fora da escola, porém pode ser distorções no arredondamento de cálculo.

 

Indicador 4B

Percentual de matrículas em classes comuns do Ensino Regular e/ou EJA da Educação Básica de alunos de 4 a 17 anos de idade com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

100 %

DADO OFICIAL

100 %

Censo Demográfico 2010 – IBGE

Censo Escolar 2015;

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

100 %

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • De acordo com o diagnostico o município já atende todos os alunos.
  • Encaminhamento para a psicopedagogo, psicóloga, fonoaudióloga e a sala de Recursos Multifuncional.

 

2.5 Meta sobre Alfabetização

 

Meta 5: Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do ensino fundamental.

Indicador 5A

Estudantes com proficiência insuficiente em Leitura (nível 1 da escala de proficiência)

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

2,0%

DADO OFICIAL

9,61%

ANA 2016-SANTA CATARINA

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

1,07%

ANA 2016-CORONEL FREITAS

         
  • A Meta 5 do PME trata da alfabetização de todas as crianças, no máximo, até o final do terceiro ano do ensino fundamental.

No Indicador 5A (proficiência insuficiente em Leitura) os dados se refere à avaliação ANA de 2016 onde tínhamos uma meta de 2,0% e atingimos 1,07 %.

 

Indicador 5B

Estudantes com proficiência insuficiente em Escrita (níveis 1, 2 e 3 da escala de proficiência)

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

5,0 %

DADO OFICIAL

15,15%

ANA 2016-SANTA CATARINA

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

6,56%

ANA 2016- CORONEL FREITAS

         
  • No Indicador 5B (proficiência insuficiente em Escrita) os dados se refere à avaliação ANA de 2016 onde tínhamos uma meta de 5,0% e atingimos 6,56 %.

 

Indicador 5C

Estudantes com proficiência insuficiente em Matemática (níveis 1 e 2 da escala de proficiência)

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

20,0%

DADO OFICIAL

37,82%

ANA 2016-SANTA CATARINA

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

16,41%

ANA 2016-CORONEL FREITAS

         

 

  • No Indicador 5C (proficiência insuficiente em Matemática) os dados se refere à avaliação ANA de 2016 onde tínhamos uma meta de 20,0% e atingimos 16,41%.

 

     Ao analisarmos os resultados da Prova ANA, percebe-se uma melhora significativa nos níveis de proficiência em Leitura, dos alunos do 3º Ano. As melhorias devem-se à participação do corpo docente em programas de Formação Continuada oferecidos pela Rede Municipal de Ensino, bem como, de programas ofertados pelo Estado e União, tais como o PNAIC. Percebemos que precisamos avançar na Matemática e na Escrita para melhorias com: Reestruturação do PPP das escolas; Reestruturação do atendimento especial para as crianças com dificuldades de aprendizagem; Continuar garantindo a formação continuada através do PNAIC aos professores; Projetos de leitura que envolva família escola e comunidades (Feira do livro, cantinho da leitura, sacola da leitura).

 

2.6  Meta sobre a Educação Integral

Meta 6: Oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) das escolas públicas ou 30% (trinta por cento) dos (as) alunos (as) da educação básica, até o final da vigência do Plano. 

 

Indicador 6A

Percentual de alunos da educação básica pública em tempo integral.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

16%

DADO OFICIAL

24,6%

Censo Escolar 2015

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

9%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • No Indicador 6A o diagnóstico do PME de 2015 foi de 9% sendo que a meta é de 14%. Em 2016 atingimos o mesmo resultado 9,1%.

OBS: Levando em conta apenas dados da rede municipal o município atingiu o percentual de 15,1%.

 

Indicador 6B

Percentual de escolas públicas com ao menos um aluno que permanece no mínimo 7 horas diárias em atividades escolares.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

41%

DADO OFICIAL

72,7%

Censo Escolar 2015

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

9%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         

 

  • No Indicador 6B o diagnóstico do PME de 2015 foi de 22,2% sendo que a meta é de 40%. Já em 2016 a meta era de 41%, e mantemos os 22,2%.

OBS: Levando em conta apenas dados da rede municipal o município atingiu o percentual de 40%. Sendo que temos no total 5 escolas da rede municipal e das 5 escolas, 2 é de atendimento de tempo integral.

 

2.7 Meta sobre Aprendizado Adequado na Idade Certa

 

Meta 7: Fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem, de modo a atingir as seguintes médias municipais para o IDEB: Anos iniciais do ensino fundamental
IDEB 2015 (6,8) 2017 (6,9) 2019 (6,9) 2021 (7,0).

 

 

Indicador 7A

Média do IDEB nos anos iniciais do ensino fundamental.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

6,8%

DADO OFICIAL

6,8%

Censo Educação Básica

Prova Brasil 2015-1013

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

6,7%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • No Indicador 7A (Média do IDEB nos anos iniciais do ensino fundamental) o diagnóstico do PME de 2015 foi de 6,7% sendo que a meta é de 6,8%.

 

Indicador 7B

Média do IDEB nos anos finais do ensino fundamental.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

5,5%

DADO OFICIAL

4,4

Censo Educação Básica

Prova Brasil 2015-1013

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

5,1%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • No Indicador 7B (Média do IDEB nos anos finais do ensino fundamental) o diagnóstico do PME de 2015 foi de 5,1% sendo que a meta é de 5,5%.

 

Indicador 7C

Média do IDEB do ensino médio.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

4,7%

DADO OFICIAL

---

 

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

3,4%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • No Indicador 7C (Média do IDEB do ensino médio) o diagnóstico do PME de 2015 foi de 3,4% sendo que a meta é de 4,7%.

 

            Esta meta o município atende somente as séries iniciais e para avançar nessa meta devemos dar continuidade na formação aos profissionais da educação, garantindo uma aprendizagem de forma significativa para as crianças do município, melhorar na aquisição de material pedagógico, realizar projeto de avaliação de desempenho escolar.

 

2.8 Meta sobre a Escolaridade Média

 

Meta 8: Elevar a escolaridade média da população de 18 (dezoito) a 29 (vinte e nove) anos, de modo a alcançar, no mínimo, 12 (doze) anos de estudo, até o último ano de vigência deste Plano, em consonância com o PNE, para as populações do campo e populações mais pobres, e igualar a escolaridade média entre negros e não negros declarados à Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

 

Indicador 8A

Escolaridade média da população de 18 a 29 anos de idade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

---

DADO OFICIAL

10,3%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         

 

  • Não temos dados municipais para este indicador e nem meta prevista, visto que não cabe ao município esta meta. Os dados oficiais são apenas da região do Oeste Catarinense.

 

Indicador 8B

Escolaridade média da população de 18 a 29 anos residente na área rural.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

----

DADO OFICIAL

9,7%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Não temos dados municipais para este indicador e nem meta prevista, visto que não cabe ao município esta meta. Os dados oficiais são apenas da região do Oeste Catarinense.

 

Indicador 8C

Escolaridade média da população de 18 a 29 anos pertencente aos 25% mais pobres (renda domiciliar per capita).

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

---

DADO OFICIAL

9,4%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Não temos dados municipais para este indicador e nem meta prevista, visto que não cabe ao município esta meta. Os dados oficiais são apenas da região do Oeste Catarinense.

 

Indicador 8D

Razão entre a escolaridade média de negros e não negros na faixa etária de 18 a 29 anos.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

---

DADO OFICIAL

92,4%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Não temos dados municipais para este indicador e nem meta prevista, visto que não cabe ao município esta meta. Os dados oficiais são apenas da região do Oeste Catarinense.

 

Indicador 8E

Percentual da População de 18 e 29 anos com menos de 12 anos de escolaridade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

40%

DADO OFICIAL

41,9%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 40% sendo que atingimos um percentual de 41,9%.

 

Indicador 8F

Percentual da População de 18 e 29 anos residente no campo com menos de 12 anos de escolaridade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

35%

DADO OFICIAL

38,1%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 35% sendo que atingimos um percentual de 38,1%.

 

Indicador 8G

Percentual da População de 18 e 29 anos entre os 25% mais pobres com menos de 12 anos de escolaridade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

70%

DADO OFICIAL

70,8%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013.

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 70% sendo que atingimos um percentual de 70,8%.

 

 

Indicador 8H

Percentual da População negra entre 18 e 29 anos com menos de 12 anos de escolaridade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

70%

DADO OFICIAL

71,9

 Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013.

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 70% sendo que atingimos um percentual de 71,9%.

                                                                                                                     

2.9 Meta sobre a Alfabetização e Alfabetismo Funcional de Jovens e Adultos

Meta 9: Elevar a taxa de alfabetização da população com 15 (quinze) anos ou mais para 95% (noventa e cinco por cento) até 2018 e, até o final da vigência deste PME, erradicar o analfabetismo absoluto e reduzir em 50% (cinquenta por cento) a taxa de analfabetismo funcional.

 

 

Indicador 9A

Taxa de alfabetização da população de 15 anos ou mais de idade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

90%

DADO OFICIAL

91,7

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013.

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 90% sendo que atingimos um percentual de 91,7%.

 

Indicador 9B

Taxa de analfabetismo funcional da população de 15 anos ou mais de idade.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

25%

DADO OFICIAL

23,9%

 Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013.

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional – 2010.

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 25% sendo que atingimos um percentual de 23,9%.

 

 2.10 Meta sobre EJA Integrada à Educação Profissional

 

Meta 10: Oferecer, no mínimo, 25% (vinte e cinco por cento) das matrículas de educação de jovens e adultos, nos ensino fundamental e médio, na forma integrada à educação profissional, até o final da vigência do Plano.

Indicador 10

Percentual de matrículas de Educação de Jovens e Adultos na forma integrada à Educação Profissional.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

1%

DADO OFICIAL

0,0%

 Estado, Região e Brasil - Censo da Educação Básica – 2013

Município e Mesorregião - Censo da Educação Básica - 2014

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 1% sendo que atingimos um percentual de 0,0%. Não tem demanda mínima para abrir turma.

 

 

2.11 Meta sobre Educação Profissional

 

Meta 11: Buscar mecanismos de colaboração junto ao governo estadual e federal para implantar, até o final da vigência deste Plano, a educação profissional técnica de nível médio no município, assegurando a qualidade da oferta e a expansão no segmento público.

 

 

Indicador 11A

Matrículas em educação profissional técnica de nível médio: número absoluto.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

---

DADO OFICIAL

0,0%

 Estado, Região e Brasil - Censo da Educação Básica – 2013

Município e Mesorregião - Censo da Educação Básica - 2014

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • O município não oferece essa modalidade de ensino.

 

 

 

Indicador 11B

Número absoluto de matrículas em educação profissional técnica de nível médio na rede pública.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

----

DADO OFICIAL

0,0%

 Estado, Região e Brasil - Censo da Educação Básica – 2013

Município e Mesorregião - Censo da Educação Básica - 2014

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • O município não oferece essa modalidade de ensino.

 

 

2.12 Meta sobre Educação Superior

 

META 12: Apoiar a elevação da taxa bruta de matrícula na educação superior para 55% (cinquenta e cinco por cento) e a taxa líquida para 40% (quarenta por cento) da população de 18 (dezoito) a 24 (vinte e quatro) anos de idade, assegurada a qualidade da oferta e expansão para, pelo menos, 40% (quarenta por cento) das novas matrículas, nas instituições de ensino superior públicas e comunitárias.

 

 

Indicador 12 A

Taxa bruta de matrículas na educação superior.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

5%

DADO OFICIAL

23,6%

 Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional - 2010

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 5% sendo que atingimos um percentual de 23,6%.

 

 

Indicador 12 B

Taxa líquida de escolarização ajustada na educação superior.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

2%

DADO OFICIAL

24,4%

Estado, Região e Brasil - IBGE/Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) – 2013

Município e Mesorregião - IBGE/Censo Populacional - 2010

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         

Nossa meta prevista para este indicador era de 2% sendo que atingimos um percentual de 24,4%.

 

 

2.13 Meta sobre Pós-Graduação

 

Meta 13: Contribuir, com o Estado e a União, para o aumento do número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a ampliar a titulação anual de mestres e doutores.

 

Indicador 13A

Número de títulos de mestrado concedidos por ano.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

----

DADO OFICIAL

----

 

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 5% sendo que atingimos um percentual de 23,6%.

 

Indicador 13B

Número de títulos de doutorado concedidos por ano.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

---

DADO OFICIAL

 

 

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

---

 

         

Nossa meta prevista para este indicador era de 2% sendo que atingimos um percentual de 24,4%.

 

2.14 Meta sobre Formação de Professores

 

Meta 14: Garantir, em regime de colaboração entre a União e o Estado, política de formação dos profissionais da educação de que tratam os incisos I, II e III do caput do art. 61 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, assegurando que todos os(as) professores(as) da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.

 

 

Indicador 14A

Número de títulos de mestrado concedidos por ano.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

100%

DADO OFICIAL

60%

 Estado, Região e Brasil - Censo da Educação Básica - 2013

Município e Mesorregião - Censo da Educação Básica - 2014

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

100%

Minicenso 2017, Busca ativa, Saúde, datasus

         
  • Nossa meta prevista para este indicador era de 100% sendo que o resultado esperado.

 

 

2.15 Meta sobre Formação Continuada e Pós-Graduação de Professores

 

Meta 15: Garantir formação, em nível de pós-graduação, a 90% (noventa por cento) dos professores da educação básica, até o último ano de vigência deste PME, e a todos (as) os (as) profissionais da educação básica formação continuada em sua área de atuação, considerando as necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

Indicador 15A

Percentual de professores da educação básica com pós-graduação lato sensu ou stricto sensu.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

90%

DADO OFICIAL

54,5%

 Censo da Educação Básica 2015

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

96,5%

Minicenso 2017, Busca ativa

         
  • Nossa meta prevista para este indicador é de 90% sendo que já ultrapassamos a meta prevista.

 

 

2.16 Meta sobre Valorização do Professor

 

Meta 16: Valorizar os (as) profissionais do magistério da rede pública de educação básica, de forma a equiparar seu rendimento médio ao dos(as) demais profissionais com escolaridade equivalente, até o final do 6º (sexto) ano da vigência deste Plano Municipal de Educação.

Indicador 16A

Razão entre o salário médio de professores da educação básica da rede pública (não federal) e o salário médio de não professores, com escolaridade equivalente.

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

75%

DADO OFICIAL

---

 

ESTIMATIVA

---

 

DADO MUNICIPAL
(SME)

66,0%

Minicenso 2017, Busca ativa

         

 

O MUNICÍPIO ASSEGUROU A CRIAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO EM 2015 ATRAVÉS DA LEI Nº 2.077 DE 18/06/15 E CRIOU O ESTATUTO DO SERVIDOR ATRAVÉS DA LEI 2.078 DE 18/06/15. TRAZENDO MUITOS BENEFÍCIOS AO MAGISTÉRIO. COMO: TOMANDO COMO REFERÊNCIA O PISOS SALARIAL NACIONAL, EQUIPARANDO A REMUNERAÇÃO DE TODOS OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO.

 

2.17 Meta sobre o Plano de Carreira Docente

 

Meta 17: Assegurar a existência de Plano de Carreira para os (as) profissionais da educação básica da rede pública municipal de ensino e, tomar como referência o piso salarial nacional profissional, definido em lei federal, nos termos do inciso VIII do art. 206 da Constituição Federal.

 

 

Indicador 17A

Existência do Plano de Carreira e Remuneração como referência na Lei 11.738/2008 (Piso Nacional do Magistério)

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

 

 

100 %

DADO OFICIAL

Lei nº 2077/2015

Secretaria Municipal de Educação de Coronel Freitas

 

 

 

               

 

 

            O município no ano de 2015 cumpriu com esta meta elaborando e aprovando o Plano de Carreira do Magistério. Já possui o Plano de Carreira para os profissionais da educação básica da rede municipal bem como o Estatuto do Magistério, cumprindo com a legislação do piso nacional do magistério.

             No momento nosso município está fazendo uma revisão do Plano de Carreira, com o intuito de revisar algumas questões, principalmente no que diz respeito ao impacto financeiro nos próximos anos, com o objetivo de equilibrar os gastos sem perder a qualidade dos serviços prestados a comunidade.

 

2.18 Meta sobre a Gestão Democrática

 

 

Meta 18: Assegurar condições, no prazo de dois anos, para a efetivação da gestão democrática da educação, associada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à consulta pública à comunidade escolar, no âmbito das escolas públicas, prevendo recursos e apoio técnico da União para tanto.

 

 

Coronel Freitas

Assegurar condições, no prazo de 2 (dois) anos, para a efetivação da gestão democrática da educação, associada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à consulta pública à comunidade escolar, no âmbito das escolas públicas, prevendo recursos e apoio técnico da União para tanto.

 

A Meta 18 do PME trata da gestão democrática da educação, associada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à consulta pública à comunidade escolar, sendo que esta meta já está sendo cumprida.

-          Seguir critérios já estabelecidos em Lei Municipal;

-          Continuar apoiando os conselheiros do FUNDEB, CAE, CME, Conselhos Escolares e FME para que sejam sempre atuantes e participativos, fortificando e dando autonomia aos mesmos;

-          Fortificar e dar autonomia aos segmentos escolares (APPs e conselhos escolares), envolvendo-os na tomada de decisões;

-          A Secretaria de Educação oferece apoio e cursos de formação em parceria com outras instituições regionais, para o aperfeiçoamento dos dirigentes escolares e membros do conselho municipal;

-          Os dirigentes municipais tomarão decisão que afetem a educação do município sempre com o consenso do Conselho Municipal de Educação, ouvindo dirigentes, professores e demais membros da comunidade escolar;

-          O PPP é elaborado em conjunto com a comunidade escolar.

 

 

Na Meta 18 não há um indicador que permita acompanhar o cumprimento desta meta. Assim, existem indicadores auxiliares que apontam para a existência de práticas de gestão democrática no município: Sistema Municipal de Educação, Conselho Municipal de Educação-CME, Conselho Escolar, FUNDEB, Fórum Municipal de Educação-FME e Conselho da Alimentação Escolar- CAE.

A Rede Estadual possui lei que institui a eleição de diretores, tem conselho escolar atuante e elabora o PPP com a participação da comunidade escolar. Assim, as iniciativas que se referem à gestão democrática visam dar voz e representatividade aos mais diferentes segmentos da sociedade, bem como transparência às ações desempenhadas no âmbito da Rede Municipal de Ensino.

 

2.19Meta sobre Financiamento da Educação

 

Meta 19: Ampliar o investimento público em educação pública, em regime de colaboração entre os entes federados, União, Estado e Município, de forma a atingir, no mínimo, o patamar de 7% (sete por cento) do Produto Interno Bruto (PIB) do Município no 5° ano de vigência deste Plano e, no mínimo, o equivalente a 10% (dez por cento) do PIB ao final do decênio.

Indicador 19 A

 

META PREVISTA PARA O PERÍODO

META ALCANÇADA NO PERÍODO

FONTE DO INDICADOR

%

DADO OFICIAL

%

PNE em movimento 2014

 

            Essa importante e indispensável meta que garante parte do cumprimento de todas as demais, não há como ser executada, pois com o congelamento dos gastos em educação, é inviável ampliar os investimento público em Educação Pública-Produto Interno Bruto até alcançar o que foi proposto.

            Na realidade o município de Coronel Freitas, os investimentos em educação nos últimos anos, sempre ultrapassam o previsto em lei (25%). Mesmo assim, muitas das demandas da educação não foram supridas, pois grande parte desses valores são utilizados para a folha de pagamento com pessoal.

             Cabe ressaltar que o atual momento econômico vivido pelo nosso país, tem contribuído negativamente para a concretização de várias estratégias estabelecidas para efetivar o PME e garantir a qualidade na educação.

 

 CONCLUSÃO E RECOMENDAÇÕES

 

            O Monitoramento e a Avaliação do Plano Municipal de Educação engendraram a visualização ampla da educação no município de Coronel Freitas, na perspectiva da compreensão de que muito foi realizado para a melhoria da educação, onde vários ações, com objetivos e metas já alcançados. Entretanto, muitas ações estão sendo executadas e ainda muitas estão por vir.

            Mesmo diante da estrutura diferenciada do Plano Municipal de Educação de Coronel Freitas, houve o seu devido alinhamento às metas do Plano Nacional de Educação, em 2015, e ainda naquele período, verificado que o PME alcançou uma grande parte das metas nacionais.

            Em relação à Educação Infantil, a meta 1 já ultrapassa a meta prevista com 57, 7% de crianças de 0 a 3 anos, podemos apontar que o Plano Municipal de Educação deve garantir não só o acesso, mas a qualidade, oferecendo à criança oportunidades de interação, exploração e descobertas. Propiciar uma aprendizagem através de vivências e experiências capazes de uma apropriação, renovação e articulação de conhecimentos.

            O Ensino Fundamental do município direciona-se nas condições com a melhoria e a recuperação da aprendizagem, refletir no aumento dos índices das avaliações institucionais. Espera-se que a escola de tempo integral possa cumprir seu papel inclusivo e emancipatório e que o tempo estendido proporcione uma educação mais efetiva do ponto de vista estrutural, cultural, com o aprofundamento dos conhecimentos, do espírito crítico e das vivências democráticas.

            O Ensino Médio atende à ordem constitucional de universalização da Educação Básica. Segundo a norma vigente, a educação deve promover a formação de cidadãos e profissionais competentes com a colaboração da sociedade, inclusive, com vistas à inclusão social. Deseja-se que o Ensino Médio, última etapa da Educação Básica ofereça a cada aluno a garantia do pleno desenvolvimento pessoal, além do seu preparo para o exercício da cidadania, de forma real e não apenas retórica, bem como sua qualificação para o trabalho, a fim de que se realize enquanto cidadão.

            A Formação Continuada aos Profissionais da Educação, uma meta também cumprida pelo município, pois ela está prevista na legislação nacional, deve ser assegurada como um processo que visa à oferta de oportunidades para os professores pensarem sobre o aprimoramento do seu trabalho, num movimento de estudo, reflexão e interlocução com os pares. A formação continuada precisa ser vista como um agente transformador da realidade e suporte para intervenções, com vistas à melhoria do ensino. A manutenção desse processo está relacionada à valorização dos profissionais e ao direito da formação em serviço.

 

Assim, concluímos que o município de Coronel Freitas há comprometimento por parte das redes em cumprir as metas e estratégias do referido Plano. O município está bastante engajado, comprometido em cumprir as metas e estratégias do PME. Estamos reavaliando as ações e avaliando as ações executadas até o momento e as que faltam a cumpri-las. As que ainda não foram cumpridas, as de dependem realmente do município estamos analisando que o próximo ano se organizamos de outra forma. Porém, são necessárias mais ações, para que até 2025, as metas sejam alcançadas. O Município está engajado para cumprir as metas em seus prazos, mas alguns deles precisam de apoio dos Governos Estadual e Federal para que sejam efetivadas.

 

 

 

.....................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

 

 

AQUISIÇÕES E MELHORIAS NA ESCOLA INTEGRAL PROFESSORA INÊS DOMINGAS TONON TASSONIERO

 

Aquisições e melhorias na ESCOLA INTEGRAL PROFESSORA INÊS DOMINGAS TONON TASSONIERO:

-Toldo novo na frente da escola;

-Colocação de caixa séptica;

-Aquisição de CPUs para sala de informática.

 

FOTOS NA GALERIA DE FOTOS

 

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E COM INCLUSÃO.

A Secretaria Municipal de Educação realizou a entrega de uma televisão e de uma máquina fotográfica para a Escola Municipal Dozolina Mangoni.

 Também fez aquisição e entrega, na Escola Clube do bolinha, de uma cadeira especial para aluno com deficiência, proporcionando assim a inclusão, conforto e aprendizagem com igualdade.

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

CORONEL FREITAS, RECEBEU NA SEMANA DE PLANEJAMENTO E FORMAÇÃO CONTINUADA PROFESSORES PALESTRANTES DE FLORIANÓPOLIS PROFESSORES/FORMADORES E SUPERVISORES DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA (PNAIC) DE SANTA CATARINA.

 

Nos dias 01/02 à 09/02, deu-se início aos trabalhos, os professores da Rede Municipal com a Semana de Planejamento e Formação Continuada para melhor organização do ano letivo.

E no dia 05/02 estiveram presentes a Supervisora do PNAIC-UFSC, Ms. Joanildes Felipe fazendo a fala na parte da manhã sobre uma síntese do PNAIC-SC desde 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017 e falou na área de Linguagens - Leitura e Escrita na Ed. Infantil e Séries Iniciais e os Direitos de Aprendizagens nas Linguagens do 1º ao 3º Ano.

Na parte da tarde, deu-se continuidade com o Professor Formador Manuel José Decon, com a fala na área da Matemática na Ed. Infantil e Séries Iniciais. Lembrando que o Professor Decon, também responsável pelas visitas técnicas do programa, já esteve no município de Coronel Freitas no ano de 2014 visitando as escolas da rede municipal nas turmas de alfabetização (1º ao 3º ano).

 A visita faz parte do acompanhamento do desenvolvimento do programa nos municípios.O professor pode conhecer a realidade do nosso município, a forma de trabalho dos nossos professores e contribuir na melhoria do desenvolvimento dos trabalhos executados em nosso município.

Todos os professores participaram deste momento tão gratificante, pois os palestrantes com os seus conhecimentos, empenho e compromisso tiveram a oportunidade de socializar ideias que ajudam a melhor e agregar conhecimentos na prática pedagógica dos nossos professores.

 

 

GALERIA DE FOTOS

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

A Direção e os Educadores da Escola Integral Municipal Simões Lopes receberam os alunos, que voltaram às aulas  no dia 15 de fevereiro de 2018, com muita alegria e muitas brincadeiras , foi realizada a apresentação dos educadores, brincadeiras com balões, entrega de lembrancinhas e cartões .Os alunos adoram e se divertiram bastante.

 

 

 

mais fotos na galeria de fotos

 

 

 

 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Nos dias 02 e dia 07  de fevereiro de 2018, aconteceu o planejamento com os Professores Municipais. Coordenado pela OrientadoraPedagógica Marivone Zortea  Flores e aPsicopedagoga Fernanda Graciani.

 

FOTOS NA GALERIA DE FOTOS

 

 

 ------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Está acontecendo no centro de eventos de Coronel Freitas a 1ª Mostra Literária onde temos atividade para as crianças com oficinas da pintura facial, contos de história, exposição de livros confeccionados pelas escolas e atividades recreativas nos seguintes horários:

Das 08h:00m às 11h:30m da manhã e das 13h:30m às 17h:00m da tarde.

Este evento faz parte das atividades em comemoração aos 56 anos de Coronel Freitas e segue com atividades até sexta-feira dia 06 de outubro de 2017, dia do Município.

Participe!

 


FOTOS NA GALERIA DE FOTOS

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Uma brincadeira com esculturas na areia foi a maneira encontrada pela professora de artes Elizandra da Rosa Lazzaretti para fazer com que seus alunos do 4º e 5º ano da E.M. Coronelzinho, pudessem entender, na prática, os aspectos bidimensionais e tridimensionais trabalhados na teoria em sala de aula nas aulas de arte.
Materiais diversos como potes, baldinhos, pás, pedaços de pau, sacolinhas plásticas, suas mãos e principalmente a criatividade e imaginação dos alunos transformaram um monte de areia em castelos, labirintos, fazendinhas com lagos, montanhas e muito mais...

Conforme mostra as imagens abaixo:

 

 

 

Além de ser uma atividade curricular de aprendizado, o trabalho com a areia também é para os alunos, uma forma de se sensibilizar pela Arte de forma lúdica e prazerosa.

 

FOTOS NA GALERIA DE FOTOS

 

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Obras e melhorias

 

  Reforma de parte do telhado da escola Clube do Bolinha que à varios anos vinha sofrendo com problemas de infiltrações em algumas salas de aula.

 

 

 

CAE - CONSELHO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR.

Após reuniões e estudos a Secretaria de Educação Municipal e o Conselho da Merenda Escolar elaboraram o Regimento Interno do CAE. Este documento rege todas as normas e ações pertinentes a merenda escolar.

 

 

 

 

 

 

 

EVENTOS, AÇÕES E COMUNICADOS!

 PROJETO "VALORES PARA MINHA VIDA" - E. M. CORONELZINHO



Todo início de ano, pensa-se cuidadosamente em como planejar a acolhida das crianças para que elas sintam-se bem e seguras no espaço escolar. Para tanto iniciamos este ano letivo com o projeto “valores para minha Vida”, por meio do qual vivenciamos a acolhida e os combinados com cantos e diversas histórias da literatura infantil. Porém, a experiência mais significativa ocorreu com a história “Mamãe Cabra e seus Sete Cabritinhos” onde enfatizamos muito a importância de cumprir regras e combinados, tanto na família quando na escola e demais espaços da sociedade. Surgiu então, durante esta experiência, a curiosidade de conhecer o animal cabrito. Exploramos com as crianças e famílias (Pesquisa familiar sobre o cabrito), o conhecimento científico sobre o animal, nascimento, características, habitat, alimentação, etc. e fomos conhecer o animal na propriedade do Sr. Joel Miorando, aqui na nossa cidade. Foi fantástico!

A partir disso, surgiu a curiosidade em relação ao Homem da Caverna, pelo fato de o cabrito e a ovelha serem uns dos primeiros animais domesticados pelo ser humano. Vivenciamos experiências então sobre a alimentação, modos de vida e sobrevivência, registros escritos e moradias. Levamos as crianças para vivenciar na prática o que é uma caverna, na aula passeio na gruta próximo à cidade.

No estudo científico sobre a evolução da espécie humana, levamos as crianças a compreender que para sobreviver, o ser humano precisou adaptar-se ao ambiente por meio da observação diária da natureza, passando a cultivar a terra e fixar moradia para sobreviver.

Exploramos então a alimentação saudável a partir do cultivo da terra e relacionamos com a maneira como isso ocorre na atualidade. Complementando tal experiência, visitamos o horto Florestal Silvestrin e confeccionamos com as crianças a mini horta com garrafas pet. Incentivamos o consumo de legumes, grãos e hortaliças a partir do próprio lanche escolar. E estas vivências continuam sendo proporcionadas de maneira lúdica e prazerosa, despertando o interesse e a curiosidade nas crianças e construindo juntos o conhecimento. 

 

FOTOS NA GALERIA

 

 

DIA DO ESTUDANTE

O Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, em parceria com o CMDCA e apoio da Secretaria Municipal de Educação realizaram no dia 11 de agosto de 2017, no Clube Gaúcho, uma PALESTRA em comemoração ao Dia do Estudante com tema VALORES E TALENTOS DA MINHA VIDA, ministrado pelo Palestrante SANDRO LIBARDONI.
O evento foi destinado para todos os alunos do Município a partir do 5º ano nos turnos da manhã e tarde, na parte da noite a palestra foi realizada no auditório da Escola Délia Régis e foi aberta ao público.

VÍDEOS E FOTOS DO EVENTO NAS GALERIAS NO FIM DO BLOG.

 

OBRAS EM SALAS DE AULA

Durante o recesso escolar foram reformadas 3 salas de aula no Centro Municipal de Ensino Infantil e Ensino Fundamental Clube do Bolinha, com colocações de pisos.

Melhorias em toda rede municipal serão feitas atendendo as demandas e conforme os processos licitatórios em andamento, como destaca a Secretária de Educação Eli Daloma no áudio.

FOTOS NA GALERIA

 

BOLETIN DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, AS AÇÕES REALIZADAS NESTA SEMANA.

 

  • Está em andamento o programa ARTE E CIDADÂNINA, onde crianças e adultos estão participando dos diversos cursos e atividades desenvolvidas pela Secretaria da Educação, Cultura e Esporte.

 

  • No dia 14 de agosto pela parte da manhã na Escola Dozolina Mangoni professoras da educação infantil estiveram reunidas para estudos do Mapa de Organização Curricular da Educação Infantil. Este estudo tem como propósito despertar na criança as possibilidades de interação com o meio em que vive através das experiências sensoriais, corporais que possibilitem movimentação ampla, expressão da individualidade e respeito pelos seus ritmos e desejos. Obrigada a orientadora Educacional Marivone e Psicopedagoga Fernanda pela dedicação é empenho no repasse dos conhecimentos tão importantes.

 

  • A Administração Municipal juntamente com a Secretaria de Educação, Cultura e esportes esta preparando um grande evento para o dia 7 de Setembro em nosso Município. E já fazendo parte deste evento esta a renovação de nossa Banda municipal que foi ampliada com a compra de novos instrumentos como, talabartes e baquetas.


MAIS FOTOS NA GALERIA QUE FICA NO FIM DO BLOG

 

 

 

ARRAIÁ DO INÊS

 

Uma festança danada di boa!!!

Vai ter muitas comilanças, brincadeiras e apresentações!!!

E pra festança fica mior ainda, incunvide todo pessoar e participe!

Será no dia 7 de junho de 2017

na Escola Inês Tassoniero com início as 14:30.

 AS FOSTOS DETE EVENTO ESTÃO NA GALERIA DE FOTOS LOGO ABAIXO

 

 

Está chegando o ARRAIÁ DO CLUBE DO BOLINHA ...

Vosmecêis tão tudo incunvidado pra grande festança julina da nossa escola.

Vai sê no dia 08 de julho de 2017, com início ás 14:00 hrs, no ginásio de esportes do Edvino Huppes. vai ser um festerê pra lá de especiar, vai te apresentação da criançada e será um dia prá oceis tudo se diverti.

também terá venda de muita comilança:

pastel

pé-de-moleque

pipoca

cocada

cachorro-quente

pinhão (copo)

refrigerante

água

 

  AS FOSTOS DETE EVENTO ESTÃO NA GALERIA DE FOTOS LOGO ABAIXO

ARRAIÁ DAS ESCOLAS  DOZOLINA MANGONI E CORONELZINHO.

 

AÍ Ó PESSOAR, O ARRAIÁ DAS NOSSAS ESCOLAS TA CHEGANDO!!!

Será no dia 15 de julho de 2017 (sábado) no ginásio de esportes municipal, com início às 14 hrs.

Vai ter apresentações, brincadeiras, guloseimas e muita diversão!

Venham divertir-se conosco!

O arraiá vai ser pra la di bão...

contamos com a presença de todos!

FOTOS NA GALERIA

 

GALERIAS DE FOTOS, VÍDEOS E ÁUDIOS.

 


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

ÁUDIOS DOS EVENTOS E AVISOS


Localização